Ads 468x60px

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Outras Ondas: Favela Soul


Nas ondas da Soul Music alagoana
Favela Soul lota Espaço Linda em noite de estreia de Outras Ondas

Diogo Braz

            Em noite de casa lotada, o Espaço Cultural Linda Mascarenhas foi palco de uma verdadeira celebração da Black Music alagoana, para todas as cores. Sexta, dia 10 de agosto de 2012, estreia do projeto Outras Ondas: cerca de 200 pessoas foram conferir o show da banda Favela Soul e acabaram presenciando uma noite digna de nota. Rap, Funk, Soul, Hip Hop e R&B misturados no caldeirão Pop de Tribo (vocal); Jhon Raifer (vocal); Márcio Costa (guitarra); Zezé (baixo); Rudson França (bateria); e Eli (saxofone). Eles têm a fórmula para compor boas canções no melhor estilo Black –receita lapidada durante anos fazendo releituras de canções de outros artistas – e empolgaram o público com uma apresentação cheia de vigor e animação.


Casa cheia pra curtir a Soul Music alagoana - Foto de Diogo Braz

Era perceptível a alegria da banda em estar ali, tocando um repertório principalmente autoral, com letras que passam uma mensagem boa, de luta e esperança, sem preconceitos. Os olhos e os sorrisos falavam mais que os agradecimentos ao microfone. A conexão com o público também estava afiada, o que criou um verdadeiro clima de festa entre amigos. O vocalista Jhon Raifer comemorou. "Foi uma experiência linda e especial. Pra mim, principalmente, porque esse foi o meu primeiro show com a Favela Soul. Mas parecia que nós já estávamos há um bom tempo na estrada, a sintonia foi perfeita. O público também ajudou bastante, o clima estava perfeito", avaliou.
Para Daniel Maia, que participou o show cantando o cover de “Que Beleza”, de Tim Maia, era o momento de comemorar. “Fico feliz pelo pessoal estar conquistando o seu espaço. Eles fazem um ótimo trabalho, elevando o nome de Alagoas relacionado ao Soul; pra que todo mundo fique sabendo que Alagoas tem a ‘pegada’ também”, revelou. “E principalmente por levar o nome favela pra dentro de um teatro, hoje, falando sobre o cotidiano da periferia, da galera lutadora”, avalia. Além de Daniel, o show também contou com as participações especiais de Walter Limpzah, na guitarra, e Don Raboo, num ótimo momento Hip Hop, evidenciando ainda mais o clima de amizade em cima do palco.


Som cheio de swing - Foto de Diogo Braz

O Público aprovou. A musicista Juliana Barbosa, do grupo Chama Luz, viu a Favela Soul pela primeira vez e elogiou a iniciativa de se abrir espaço para que se conheça a nova música alagoana. “Eu achei uma ótima proposta, abrir espaço para que os músicos possam apresentar o seu som. Eu não conhecia o som da Favela Soul, hoje foi a primeira vez que escutei e achei muito bom, eles têm um som cheio de swing. Tudo ótimo, foi uma noite bem legal”, disse Juliana.
Para o músico Alessandro Victor, a banda mostrou estar na trilha certa. “A banda eu já conhecia, já tinha visto no FEMUFAL e em outras oportunidades, mas eu acho que a banda está mais madura hoje, estão de parabéns”, elogiou.

Outras Ondas

Idealizado pela direção do Espaço Cultural Linda Mascarenhas e direção da TV Educativa, o projeto Outras Ondas é o desdobramento natural do Ondas (da TVE),  projeto em que são exibidos vídeos de bandas e artistas independentes de Alagoas durante a programação do canal público. O Outras Ondas pretende integrar os demais veículos do Instituto Zumbi dos Palmares (IZP), num esforço para abrir espaço para a produção autoral de atrações com pouco tempo de estrada, em shows abertos ao público que irão se realizar uma vez por mês, numa noite de sexta-feira, faixa nobre de qualquer espaço de eventos, com toda estrutura necessária para um bom espetáculo. Os shows são gravados e devem virar conteúdo exclusivo para as emissoras do IZP.


Bandeiras do movimento Black - Foto de Diogo Braz

Para os músicos da Favela Soul, o Outras Ondas é um projeto necessário. "O projeto é maravilhoso! Está abrindo portas para os artistas alagoanos que querem mostrar seu talento. Precisamos desse apoio!", afirmou o vocalista Jhon Raifer.
Para o blogueiro Gláucio Igor, mais conhecido como Jornalex, o Outras Ondas fortalece a cultura alagoana. “Qualquer proposta de cultura alternativa dentro da cidade é super válida. É isso que falta pra formar a identidade cultural do alagoano. Então, quando o IZP apóia isso, ele está dando raiz pra que esse tipo de cultura continue”, avalia.


Vibração positiva - Foto de Everton Batista

O DJ King Tunes aprovou a movimentação gerada pelo projeto. “Projetos como esse são muito importantes, principalmente por abrir espaço também para a produção da periferia. Quero dar os parabéns para esse projeto realmente fantástico”, elogiou.
O músico Alessandro Victor também aprovou a noite. “A estrutura é muito boa: iluminação, o som do Brebal (Márcio Brebal, técnico de som) é impecável; o público também compareceu em massa”, avalia. “Eu acho que é a sexta-feira perfeita aqui no Farol. Pra quem ainda não veio: O Linda é o point da sexta aqui na Fernandes Lima”. Convite feito, só nos resta aguardá-lo de portas abertas.
A próxima edição do Projeto Outras Ondas acontece no dia 14 de setembro,  às 20 horas, apresentando a cantora Elisa Lemos. Não perca!

1 comentários:

Postar um comentário