Ads 468x60px

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Divulgação: Misantropia

Heróis do Hardcore
Misantropia comemora 22 anos de carreira lançando novo CD

Diogo Braz, com informações de release

Numa cidade em que não se tem o costume de prestigiar os artistas locais, músicos que insistem em um trabalho autoral podem ser considerados heróis. Quando esses artistas ostentam uma carreira de mais de duas décadas, merecem, no mínimo, uma atenção a mais. A Misantropia é uma banda de Hardcore alagoana que desperta esse tipo de atenção: São 22 anos de atividades, coroados este ano com o lançamento do disco "Cartão Postal", num evento que acontecerá esta sexta (01 de novembro), às 19hs, no Espaço Cultural Linda Mascarenhas.
Misantropia - Foto de Divulgação

Com um público cativo, o trio pretende mostrar canções de seu novo trabalho e algumas pérolas de seu repertório. 

Misantropia - Release

Formada em junho de 1991 a banda surgiu da inquietação e insatisfação de quatro jovens – Cedryck (guitarra), Júnior(baixo), Túlio(bateria) e Sandney(vocal) que discordavam da realidade que os cercava e viram no punk/hardcore uma forma de colocar para fora e gritar para o mundo o que eles sentiam.
Em 1993, Túlio Marcus entra para a banda, que inicia a preparação para gravar a sua primeira Demo Tape: "Aversão a Sociedade". Em um estúdio precário, a banda registrou cerca de 23 músicas visando divulgar muito mais que o seu som, afinal, para a Misantropia a mensagem e os ideais sempre foram mais importantes que a própria música. Um detalhe engraçado foi que a fita recebeu uma resenha da Revista Rock Brigade com o seguinte comentário: “A banda possui 95% de raiva e 5% de conhecimento dos instrumentos musicais que tocam”. O que para muitos poderia ser uma grande ofensa, serviu de estímulo para a Misantropia seguir em frente e também ajudou muito na divulgação do material. 
Em 1995 a Misantropia participa da coletânea Cenas Anarco Punks com as músicas Robô-boy e Brasil, ao lado de diversas bandas de todo o Brasil.
Em 1996, aproveitando a gravação de um show realizado em Aracaju, a banda lança seu segundo registro:  "Ao vivo em Aracaju". 
Em 1997, Túlio Marcus saí da Misantropia. Após alguns meses de insucessos na busca de um novo guitarrista, Sandney passa a acumular as funções de guitarrista e vocalista. 
Em 2001, a Misantropia participa da coletânea Minutos de Intolerância.
Em 2008 a Misantropia lança seu primeiro CD, já com Wagner na bateria. Wagner sai em 2009, deixando as baquetas para Ives Toledo. 
A entrada de Ives estimula a produção de novos sons, além de adicionar novas características a pegada sonora da banda. Como resultado dessa nova fase surgiu "Cartão Postal" segundo disco da banda que será lançado dia 01 de novembro, às 19hs, no Espaço Cultural Linda Mascarenhas.

Serviço
Misantropia - Show de lançamento do disco Cartão Postal
Espaço Cultural Linda Mascarenhas
Sexta, 01 de novembro, às 19 horas

1 comentários:

Postar um comentário